hits from the bong:

domingo, 26 de agosto de 2007

The playground

Ontem foi dia de uma aventura no freeride... fui com pessoal de Polima (http://www.polimaradical.site.vu/) para um trilho em Sintra. Eu, que nem gosto muito de "corridas de obstáculos", deparei-me com uns 400m verticais, do mais técnico em que já me meti, com saltos para todos os gostos e obstáculos que à 1ª vista são tudo menos "cicláveis". E fizemos isto tudo (bem, "quase" tudo...) montados em semi-rigidas. Uns com uma boa suspensão dianteira, outros (como é o meu caso) com uma fantástica RST de 99, com tecnologia de elastómeros. Mas o que interessa é a ride e... what a ride!!


Hugo (Pacheco), o "anfitrião" da minha incursão
de ontem em Sintra com os riders de Polima


O ataque começou as 10:30, depois de totalmente equipados e protegidos para o que aí vinha. A pista faz a ligação entre os vários troços de uma estrada florestal/incendios que serpenteia pela serra de Sintra abaixo na encosta Sul, e em cada interseção do trilho com essa estrada parávamos para re-agrupar e "mandar umas caralhadas" tipicas de quem está encharcado em adrenalina... Lá mais para o fim, parti a corrente (enfim, não tinha esticador), o que tornou o desafio ainda maior. Ultrapassei vários obstáculos em que sinceramente, na fracção de segundo antes de os abordar pensei "não tenho mãos para isto, mas agora já não há nada a fazer...siga!!!" . Depois de umas quedas sem importancia, de uns encostos a umas árvores, chegámos ao fim a arfar e com enormes sorrisos escondidos atrás dos capacetes. Como não temos uma pickup para nos ir buscar lá abaixo, há que subir a pé... um pequeno preço a pagar pelos minutos de emoção.

Na 2ª "manga" acabámos numa zona que tem uns obstáculos... absurdos! Paredes de "releve" com 2m de altura, drops de 3m... enfim, daquelas coisas que eu não faço. Dois mais corajosos abordaram aquilo... e após dez segundos tinhamos dois homens no chão, um deles magoado. O resultado foi uma visita à ortopedia do hospital de Cascais e um pé imobilizado durante uma semana.

O Hugo a dar "apoio moral" ao Gonçalo
depois da queda mais complicada do dia



Apesar dos precalços, uma coisa é certa: vamos todos lá voltar!!!