quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Summer time

Olá a todos. O pessoal tem andado arredado aqui do blog, mas por bons motivos: FÉRIAS!!!

Mesmo com o apelo da praia, e com os dias a pedirem qualquer coisa menos o capacete integral e as protecções, ainda deu tempo para "mandar aí umas descidas".


à procura do trilho perdido...


Numa dessas incursões, fui com o Jay ver a pista do Turcifal, na Serra do Socorro. Dar com o fim da pista foi muito fácil, o problema foi dar com o inicio. Como tínhamos aquilo tudo só para nós, fomos subindo pelo trilho a pé. O problema é que na zona do meio, onde há uma mata de eucaliptos (que posteriormente vim a saber que pertence à Portucel) os trilhos tinham sido parcialmente arrasados por uma máquina que andou a limpar a mata. Apesar de terem sobrevivido alguma estruturas da prova da Taça que houve la no inicio do ano, havia muitas secções em que só com imaginação se via a pista. Ainda se fizeram umas descidas, a fazer vaivém com a carrinha e ainda deu para curtir pois o final da pista é muito rápido... mas com aquilo interrompido lá a meio e sem dar com o inicio do trilho, saímos de lá um bocado desiludidos.


video
Parece "slow motion"... mas não é.


Num outro dia, combinei com o Carlos e com alguns amigos dele ir até ao Jamor. Como o tempo era escasso, chegámos lá às 8:30 e foi logo começar a andar. Lá andámos a "fazer umas linhas" que já conhecia e fomos aos 2 roadgaps mais pequenos (que tantas saudades deixam ao Telmo). Tinhamos todos mais ou menos o mesmo andamento e só era preciso mandar-me primeiro, que já sabia que atrás de mim vinham mais dois. Depois disso, fomos até aos "courts" beber um cafezinho, e daí arrancámos para o lado do estádio Nacional. Quando cheguei à zona (que para mim era desconhecida) comecei a reconhecer certas partes e pouco a pouco fui percebendo que estava nos trilhos que tinham sido usados na Taça do Mundo em 1996. Foi uma manhã engraçada e ficou combinado que a próxima volta seria a Monsanto (ou como diz o Carlos, "o Meu Quintal") ou então até à Malveira que tem muito mais dificuldades para oferecer.


Os companheiros do dia de "enduro"


Para além destas voltas, tenho ido até Belas dar umas voltas. Para quem ainda não sabe, estão a haver obras a escassos metros do trilho de dh. A estrada de alcatrão está cortada partir da curva da torre de vigia e o resto da subida tem de se fazer a pé. Para já, não me parece que as obras venham a afectar o trilho, mas com tanta actividade ali na zona fica aberta a hipótese de se abrir um trilho novo desde o marco geodésico ou um bocado abaixo disso aproveitando as primeiras secções do trilho do CDBelas. A altura é boa, pois devem estar a aparecer as 1as chuvas de final de verão, e com as obras ali, podemos fazer o barulho que quisermos que duvido que alguém nos oiça com os camiões a passar. Para além disso, as obras implicaram um abate massivo de eucaliptos, e está ali madeira que nunca mais acaba para fazer uns shores (baixinhos, que eu tenho vertigens!). Comé TC? Vamos começar a pensar nisso?


video
o spot aqui ao lado de casa...



Para acabar, está-se a combinar um "tour" até à Serra da Estrela no fim de semana de 20.09. Havia outras hipóteses em cima da mesa (Guimarães, Lousã ou Manzaneda), mas tendo em conta que a A23 não se paga e que o alojamento também não, deixamos os outros "voos" para os fds grandes de Dezembro...