sábado, 9 de fevereiro de 2008

De volta

Depois de uns tempos a explorar os trilhos de DH em Belas, bem mais aqui ao pé de casa, mas dos quais não há registo fotográfico - daí a prolongada ausência neste blog - voltámos ao verdadeiro "north shore style": as pistas da Malveira. O Covas tem sido companhia nas andanças em Belas, e hoje foi o "baptismo de fogo". Depois da Malveira está preparado para qualquer coisa...


Chegámos bem cedinho, eram umas 9 e picos... um dia altamente, frio e com sol... mesmo perfeito. A vantagem de ter chegado cedo foi ter os trilhos so para nós! E com o conforto de ter uma carrinha, foi so meter as bikes la pra dentro... cinco estrelas.


big time Peugeot Partner!



1a manga: sub, jay e covas. Não podia deixar de estar presente no baptismo do homem. É que aquele 1º troço é um trauma para qualquer um a 1ª vez que o faz. Lá mais à frente, um valente tralho do Jay numa das saidas, a estrear o capacete novo logo nos 2 primeiros minutos de uso...

2ª manga: Telmo, sub e jay. O Covas ficou no carro a assimilar o mais recente trauma e a pensar na vida, nas acácias e nos shores. Encontrámos lá pelo meio pessoal com a pá e o serrote, e ficam já aqui os parabéns a quem lá anda na luta, pois os trilhos estão a ficar brutais. Fica a promessa de lá irmos um dia destes ajudar o CPFR.

Jay. Sub. Telmo




3ª manga: Telmo, sub e Covas. Com um dos trilhos encerrados para a manutenção andámos lá numas alternativas maradas... eu e o Telmo vínhamos picadinhos desde lá de cima, foi uma descida engraçada.

Sub na chegada



4ª manga: Covas, Jay, Telmo. Como fiquei eu com a carrinha, deu para subir a pé, tirar umas fotos e fazer um vídeo da parte final. O Jay vinha sem travão da frente praticamente desde que tínhamos chegado. Aquilo travava zero. Até se via o óleo a babar. Então andava a fazer umas descidas radicais a travar so com o de trás... no vídeo da para ver os efeitos dos travões a meio gás, com o Jay a evitar um pinheiro nos últimos segundos...

Telmo . Jay . Covas




video
É o Jay que aqui vai deixa-o passar!





Sem comentários: