segunda-feira, 12 de abril de 2010

not assisted sports

Não se pode falar de um regresso em grande, pois na realidade, este Sábado veio até cimentar uma certa sensação de que o Gravity Assisted Sports vai deixar de ser "Gravity Assisted" para passar a ser "leg propelled" ou "wind assisted" sports. É verdade, há muito tempo que não via os meus companheiros de rides tão pouco motivados para dh e vejo, para este grupinho de malucos em particular, um futuro pouco risonho nas "bicicletas malucas". Durante muito tempo colmatou-se a falta de algumas condições básicas, seja carrinha, reboque, ou qualquer coisa que não demore meia hora a meter as bikes lá dentro, com uma enorme vontade de fazer descidas e de fazê-lo entre amigos, mas essa vontade tem vindo a desaparecer, e confesso que até eu, "o gajo que os arrastou para este desporto", ando mais "leg propelled" do que "gravity assisted".

Início do trilho



Equipamento novo!


Combinámos ( Jay, Stoxx, Sub e Tó) às 9.15 em Belas, pois para Sintra não havia transporte para 4 subirem e tivemos de optar por ir para onde desse para subir à mão. Depois de equipados, lá fomos até ao monte mais a Norte, com pessoal que entretanto tínhamos encontrado no estacionamento. Durante a semana, numa volta de xc, tinha ido ver um trilho novo que os Maus Caminhos andam a fazer e tinha ficado com vontade de descer aquilo com colete e capacete integral. Lá subimos aquilo á mão e quando começámos a descer era quase 10.30. O trilho, está porreiro, com uns saltinhos giros e curvas apertadas, menos trialeiro que o dos fetos. No final estava la o pessoal a cavar ficaram logo dados os parabens pela obra! Depois de pausa para comer e para tirar umas fotos novamente no inicio do trilho novo, fizémos a 2ª e ultima descida do dia, pelo trilho dos fetos. Duas descidas numa manhã, nem queriamos acreditar quando cá em baixo, tocou a sirene do 12:00. Saimos da mata de Belas completamente desolados com a forma como o tempo tinha passado depressa, e enquanto íamos despindo as carapaças, surgiu a habitual conversa de que "assim não dá". E não dá mesmo, foi uma manhã que valeu pelo convivio, mas nem tivemos 10 minutos em cima das bikes.


Jay, a mostrar que sem fumos se lembra do pezinho em baixo


Guest dj






video
Jay e "Sub, o canalizador" no novo trilho


7 comentários:

jay disse...

conseguiste mesmo captar o espírito do sabado passado!!!

gostei particularmente dos novos vocábulos!

abrçs

Anónimo disse...

tava fixe não tava, mas passaram por la uns desbacanos e cortaram o resto das árvores

.: sub :. disse...

Não deve ter chegado a merda que fizeram o ano passado e que deu origem ao fogo florestal. Cortar árvores é muito giro, mas esquecerem-se de limpar a mata, e deixarem lá aquilo para no verão o Bear Grills ter como acender fogueiras é que já me mete pena. Durante a semana passo la e arredo as que conseguir!

abraços,
sub

Anónimo disse...

a malta teve la no fim de semana no duro e conseguio consertar aquilo ta a bombar tive la ontem e ta porreiro um abraço

Olá pessoal, tudo bem? É pá isso de se queixarem de andar a pé e fazer poucas descidas, porque estão mal habituados, passam a semana toda a andar de carro e a boa vida dos trilhos de Sintra que só funcionam com carro, é verdade. Mas o pessoal que aparece em Belas para andar menos que 6 descidas numa manhã não vale, por isso comecem a dar corda aos sapatos por falta de melhor têm Belas e já se está a começar ajuntar pessoal para não ser monótono as descidas e principalmente as subidas a pé. Nós também gostávamos de ter sempre um carro disponível para andar em Sintra e mesmo até em Belas. Não se acomodem ao sofá e ao acento do automóvel levantem o cu e vamos lá andar. Abraço Ricardo "Maus Caminhos Team" disse...

Olá pessoal, tudo bem?
É pá isso de se queixarem de andar a pé e fazer poucas descidas,é porque estão mal habituados, passam a semana toda a andar de carro e a boa vida dos trilhos de Sintra que só funcionam com carro, é verdade.
Mas o pessoal que aparece em Belas para fazer menos que 6 descidas numa manhã não vale, por isso comecem a dar corda aos sapatos, por falta de melhor têm Belas e já se está a começar ajuntar um grupo de porreiro de pessoal para não ser monótono as descidas e principalmente as subidas a pé.
Nós também gostávamos de ter sempre um carro disponível para andar em Sintra e mesmo até em Belas.
Não se acomodem ao sofá e ao acento do automóvel levantem o cu e vamos lá andar.

Abraço

Ricardo "Maus Caminhos Team"

Anónimo disse...

Eu sou o que se queixa menos :P
tou é preocupado com o Covas carail, já ontem falava em mudar o nome disto para "elements assisted sports".

Ricardo "Maus Caminhos Team" disse...

É pá, sei que o Covas foi viver para onde Judas perdeu as botas, ou melhor para onde Judas atirou as botas, mas o resto do pessoal pode sempre aparecer na mata de Belas ao Sábado para dar uma mãozinha na arte de bem cavar e no Domingo bombar nos trilhos de Belas quanto mais pessoal andar melhor, se andam pouco vão perdendo o andamento e desaprendendo o que sabem.

Vamos lá arranjar pica.

Abraço

Ricardo "Maus Caminhos Team"