domingo, 25 de janeiro de 2009

Belas extreme

Apesar das previsões que davam chuva intensa para o fds, S. Pedro deve gostar dos ciclistas... fez chover durante a noite e consagrou as manhãs para as actividades ao ar-livre. Com uma "aberta" destas e com a Malagueta operacional, fomos até Belas para dar manutenção aos saltos e para os experimentar. Com o Covas ainda a preparar o tornozelo para o "fim de semana final" este era um bom fds para ir cavar.


"Olha lá, viste o Nuno?"


No Sábado, combinámos na Amazing para ir buscar a bike e de lá arrancámos para a mata. Quando já estávamos de mochila as costas a sair do estacionamento, chega o Jay, que previsivelmente foi o ultimo a chegar. A chuva tinha feito mais estragos do que pensávamos e o drop final precisou de troncos novos e de um enchimento novo. A meio dos trabalhos o Rui veio fazer-nos uma visita e conviver um bocado em espaço aberto.


video
"Esta merda não estava a gravar"


Enfim, assim com os amigos dá mesmo gosto levantar cedo e aproveitar os Sábados para reunir a crew. Uma manha ali passada, de enxada na mão, ora salta um ora salta outro, tira foto, faz video... No final da manha ainda lá apareceram uns "convidados" que ainda fizeram umas descidas no trilho. Pessoal bacano, que nos viu lá em manutenção e antes de começar a andar nos perguntou "se podiam", e no final, agradeceram.

Jay, a mostrar que não há traumas ali...


No Domingo, a chuva voltou a não aparecer de manha e fui com o Carlos fazer mais uma incursão pela mata de Belas. Não choveu de manha, mas tinha chovido bem à noite... não havia propriamente lama, havia era agua a escorrer em praticamente todo o lado, por isso no fim da 1a descida (fora dos trilhos por um curso de água na encosta oeste) estava tão molhado como se estivesse realmente a chover.


Carlos no novo trilho de Belas



Subimos até ao marco geodésico, descemos pelo trilho desde aí e ainda ficámos ali a curtir um bocado nos 2 primeiros saltos ate irmos para a zona dos Marretas. Como estávamos os dois com "canhões" as deslocações entre os spots era feita a pé, e quando havia descidas lá nos montávamos nas bikes. Tivemos a curtir um bocado la nos saltos dos marretas e daí fomos fazer a linha do "duplo do punhetas" que fiquei a saber que foi o primeiro trilho que o Carlos e o Ricardo fizeram ali.


Afinal o gajo já se manda aos shores


Mas o melhor ainda estava para vir... fomos finalmente andar no novo trilho que ainda não está acabado. Com a vantagem de levar à frente um dos locals foi só deixar ir. A coisa mais complicada é mesmo "a ponte", que é um shore estreitinho, a uns 3 metros de altura. Ainda bem que já está a ser "engenheirada" uma alternativa que passe por debaixo daquilo. Já o segundo shore, está brutal... Tudo muito bem desenhado e com os releves certos, mesmo bem feito. Tenho de dar ao parabens aos traibuilders que aquilo está mesmo à maneira!


video
engenharia ao mais alto nivel


Próximo fim de semana, vamos engessar o pézinho ao Covas e levá-lo para Sintra para curtir umas descidas connosco antes da operação. Vamos ter a "gravity assisted" sem um dos seus rapazes durante os tempos e há que aproveitar este último fim de semana, faça chuva, sol, neve ou lama congelada!

Sem comentários: